A verdadeira história

terça-feira, 6 de julho de 2010

Que dia, fantástico


Hoje eu e a R, claro não podia ir sozinha, morria de vergonha, fomos para casa do meu namorado para a piscina. Foi fantástico tirando a vergonha, sempre presente, e o facto do meu melhor amigo aparecer com a namorada, teria sido perfeito se A namorada não fosse, mas... mesmo assim foi uma tarde para relembrar.
Os pais dele foram muito simpáticos comigo, alias como sempre, não tenho razão de queixa  e eles de mim coitados, também não devem ter muita em quase três anos de namoro quase nunca lá fui, é a vergonha, maldita! 
Quinta-feira secalhar vou lá outravez, ainda não decidi, mas ele fica tão contente que eu vá, mas por outro lado a vergonha consome-me imenso.
E hoje, aqui a Pink surpreendeu o seu amor, é verdade, comi duas sandes de pão rico, uma só com fiambre e uma com uma fatia de queijo e outra de fiambre, e ainda comi batatas fritas, camponesas, e bebi coca-cola e ice tea. Andamos a evoluir por estes lados, ah pois é.
Mas se vocês soubessem a vergonha por causa da minha banha, nem vos digo nem vos conto. E o meu dia foi assim.

Mas o melhor de tudo era quando ele era atrevido e querido ao mesmo tempo, quando vinha ter comido de baixo de água, pegava em mim e puxava-me contra ele, quando me beijava o corpo todo debaixo de água para ninguém ver. Era tão bom. Para mim não há nada melhor do que ele me beijar o corpo dentro de água.

kisses and kisses,
pinkmoon *.*

5 comentários:

  1. os beijinhos molhados são os melhores do mundo :) ai ai, que o menino é atrevido! e se eu fosse a ti perdia essa vergonha. principalmente das 'banhas'! ele gosta de ti pelo que tu és, rapariga.

    ResponderEliminar
  2. Não podes ter vergonha! Concordo com a Kikas! Ele gosta de ti pelo que és! Esquece as inseguranças! =)

    ResponderEliminar
  3. Sabes, eu também tinha alguns complexos com o meu corpo até encontrar o meu ex-namorado que se apaixonou por mim mesmo não sendo uma "top-model" e se ele quisesse, tinha uma rapariga melhor. Para mim, nada me levantou mais o ego que isso. Mas acima de tudo, nós temos é de aprender a gostarmos de nós próprias, tal e qual como somos. Pois "se eu não gostar de mim, quem gostará?" Ele gosta de ti assim, não tenhas problemas com isso! Beijinho *

    ResponderEliminar

Ohh que fofinhos(:

Obrigado,
Beijinhos*