A verdadeira história

quinta-feira, 1 de julho de 2010

A minha (nossa) noite começou com o filme P.S.: I love you

 
Posso dizer-vos que ver o filme, com ele, fez-me perceber realmente a falta que ele me faz a toda a hora, o quanto o amo e como ele é especial para mim. Chorei baba e ranho naquele café ao ver o filme, com ele a meu lado, bem pertinho de mim e disse-lhe: Promete que nunca morres. "Prometo" - disse ele. Eu quero morrer primeiro que tu, não sei viver sem ti, por isso promete-me que quando isso acontecer vais encontrar uma mulher que te faça tão feliz como eu, promete que vais seguir em frente, promete. "Prometo" - jurou ele. 
 
Posso dizer-vos que esta promessa ficará para sempre na minha memória e na dele, porque ele vai cumpri-la. Vou amar-te sempre amor.

Ontem à noite ficamos a dormir, só os dois, no café de um casal amigo. Quando todos foram embora ele disse: "vou lá baixo fechar a porta e vou acabar o cigarro, por isso ainda vou demorar, quando chegar surpreende-me". Mas, eu não consegui esperar, fui à casa de banho, vesti a lengerie preferida dele, pus o meu cabelo de lado e, desci aquelas escadas e convidei-o a ir para o sofá comigo.  Agora a noite era nossa e eu estava decidida a amá-lo e a dar-lhe tudo o que ele merece. Não aguentamos muito tempo com as nossas brincadeiras que aconteceram no sofá e no balcão do café e acabamos por fazer amor três ou quatro vezes naquela noite.
 
Ele acabou por adormecer de boxers e eu fiquei ali ao lado dele, a vê-lo dormir, a fazer-lhe miminhos até que adormeci bem juntinho ao seu olhar, ao seu amor.
 
Depois desta noite eu sei que não mereco o amor dele. Sou (muito) insegura, tenho medo que deixe de me amar, que deixe de gostar do meu corpo, de me desejar, tenho (muito) medo que me traia e, isso não tem facilitado a nossa relação, não sou obcecada, nem excessivamente ciumenta, simplesmente fico insegura e ele repara nisso, mas agora tudo está melhor, eu tenho feito um esforço por ele, por mim, por nós. Sinto-me bem comigo mesmo, ando mais feliz e isso ve-se no seu sorriso. Todo o meu esforço está e vai valer a pena, porque estamos mais apaixonados e sorrimos mais, muito mais. E, eu acredito que ele me ama e muito, se não, não conseguia suportar (quase) três anos de namoro, com o meu feitio (que não é nada fácil), com as minhas inseguranças, com os ciúmes que sente quando alguém mostra interesse em mim... eu sei que ele me ama, por isto e por muito mais, porque senão ao primeiro problema tinha desistido de nós, mas não, lutou e sei que vai continuar a lutar, porque nós fomos feitos um para o outro.
E isto tudo, faz-me mais feliz, ora mais feliz, mais querida e ele está a amar-me assim, sem discutir por tudo e por nada, aprendi a ouvi-lo, a ter calma, a pensar antes de falar, aprendi tudo isto com ele e sei que ele tem muito, mas muito mais para me ensinar, como eu a ele.

Há poucos grandes amores, pelo menos que sejam para a vida, secalhar muitas pessoas não encontraram a metade que lhes falta, mas eu encontrei a minha, pode soar a lamechas, e eu ando imenso, mas nós vamos ter um vida a dois, vamos ter filhos tão lindos como ele e vamos ficar juntos por muitos e muitos anos. Posso viver pouco, mas serei sempre feliz, porque vou estar de mãos dadas com ele.

Dizem que há um destino para cada um de nós e este é o meu e, para quem afirma que somos nós que escolhemos o nosso caminho, então eu já escolhi o meu, ficar com ele até morrer.
 
P.S.: "Always in my heart".


Com amor da tua e sempre tua,
Pink*

6 comentários:

  1. opaaa que história linda *.*
    fogo fizeste-me lembraR do meu pequenino, ainda hoje vim de férias e já estou a MORRER de saudades dele :'(
    estou atenta à vossa historia!
    beijinhos *
    ps: tem força se ele ainda esta contigo é porque te ama mesmo MUITO!

    ResponderEliminar
  2. Acima de tudo, nunca duvides de ti ;D
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a Rita! e tira da cabeça a ideia de que não vais ou podes não vir a viver muito! vais sufocar com essa ideia tola! calma miuda! =)

    parabens pelo vosso amor!

    ResponderEliminar
  4. ohh reparei que ainda não és minha seguidora Pink :( beijinhoos *

    ResponderEliminar
  5. "vamos ter filhos tão lindos como ele " não minha querida vão ter filhos tão bonitos como vocês os dois! Não podes ser insegura. Ele pode amar-te muito e se te ama é por aquilo que és. Por isso o que te leva a ser insegura? Foi a minha insegurança que terminou a minha história e não quero que te aconteça o mesmo. Por isso quero esse sorriso sempre aberto para tudo que possa vir a acontecer. Porque apesar dos defeitos ou virtudes que tenhas ele ama-te e valoriza-te assim. Está na hora de te valorizares também =)
    beijinho e muitas mas mesmo muitas felicidades! Mereces=)

    ResponderEliminar

Ohh que fofinhos(:

Obrigado,
Beijinhos*